Divagando...

Divagando...
Bosque da Princesa em Pindamonhangaba - Foto de Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito

domingo, 10 de dezembro de 2017

Segundo Domingo do Advento

                                                                       Imagem da Web

Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Mc, 1,1-8
Está escrito no Livro do profeta Isaías: “Eis que envio meu mensageiro à tua frente, para preparar o teu caminho. Esta é a voz daquele que grita no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas estradas! ’”
Foi assim que João Batista apareceu no deserto, pregando um batismo de conversão para o perdão dos pecados. Toda a região da Judeia e todos os moradores de Jerusalém iam ao seu encontro. Confessavam seus pecados e João os batizava no rio Jordão.
João se vestia com uma pele de camelo e comia gafanhotos e mel do campo. E pregava, dizendo: “Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu nem sou digno de me abaixar para desamarrar suas sandálias. Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo”.
Hoje será acesa a vela verde, que significa, Esperança, Vida, Fartura, Prosperidade.
A pregação que João Batista é uma advertência que ele faz dizendo que Jesus virá e que teremos que estar preparados, convertidos, puros de coração,para receber o Batismo através do Espírito Santo.
João Batista é a voz que clama no deserto, chamando o povo para a conversão.
Ele dizia que Jesus batizava no Espírito Santo e ele só com água.
Jesus precisava ser batizado por João Batista para poder se identificar com os pecadores e se deixou batizar por João Batista, para se cumprir as escrituras e para se apresentar como modelo da humanidade.
O Batismo de Jesus representa o bem, a vitória, a revelação de que Jesus é o filho de Deus e pelo batismo, todo pecado é perdoado, mas Jesus não tinha pecado.
Pelo Batismo, recebemos a graça de Deus, graça esta santificante, é a graça eficaz, que produz frutos e vai nos proteger das tentações através das orações.

O mal em nossa vida tem que ser dominado pela Fé, e esta Fé é fortalecida através da oração constante a Deus e de bons atos, ficando em comunhão de Deus.  -Maria Teresa-
           

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

O nascer de novo de Jesus em meu coração.

                                                             (Presépio de Pinda, anos atrás)
Gosto deste nascer de novo de Jesus em meu coração.
Procuro ser uma “Belém” e meu coração uma “Manjedoura”.
Gosto desta confraternização. desta alegria.
Gosto dos fogos coloridos explodindo no ar.
Pessoas se abraçando desejando paz, amor...
Mas até que ponto tudo isso é verdade?
Dá medo em meu coração.
Tomara que seja tudo verdade, lá do fundo da alma.
Tomara que todas as pessoas estejam com esta Paz no coração,

comemorando o ANIVERSÁRIO do Menino Jesus!
Tomara que seja real e não apenas uma festa trivial.
Feliz Natividade de Jesus! Maria Teresa.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Presente de Deus

Imagem da Web
                            
Isso acontece mais do que imaginamos,de ganharmos Presentes de Deus!
Sim, de ganharmos um presente de Deus e nem percebemos do valor que ele tem e só damos conta de que nem abrimos o tal presente de Deus, quando não o temos mais diante de nós.
Isso é muito triste, abra sempre os presentes que ganhar de Deus.
Você pergunta como saberei se foi Deus quem enviou?
Claro que saberá, é só estar atento as suas emoções e sensações.
Não se esqueça de abrir o presente que Jesus vai lhe dar na noite de Natal.
Não desperdice os presentes de Deus.
Estou sempre atenta as sensações que Deus coloca em meu coração e já desembrulhei lindos presentes, claro que já desperdicei muitos por desatenção, mas agora estou atenta por que não quero perder mais nenhum presente de Deus.
Ele nos presenteia todos os dias.

Feliz Natal!  - Maria Teresa -

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Aniversário da minha querida Taubaté

                                             Foto dos meus arquivos - Taubaté em 1939 -
                                                                 Largo da Estação
Eu amo Taubaté!
Feliz aniversário minha querida Taubaté!
Minha cidade berço, onde meus pais, irmãos,

avô, vieram do estado do Rio de Janeiro, para fazer desta terra 
seu lar e sua morada.
Eu amo Taubaté!
Minha cidade querida, 

que me formou professora e bacharel em Direito, 
que me fez a mulher feliz que sou!
Eu amo Taubaté!
Minha cidade que me fez realizar sonhos lindos!
Agradeço a ti Taubaté, por ter acolhido minha família aqui 

em seu solo e ter me dado licença de ter nascido em Taubaté!
Muito obrigada querida Taubaté!
Um abraço aos taubateanos e aos que se consideram 

taubateanos de coração, Maria Teresa

domingo, 3 de dezembro de 2017

Primeiro Domingo do Advento - Marcos 13:33-37


                                                                   Imagem da Web
"Ficai de sobreaviso, vigiai; porque não sabeis quando será o tempo.
Será como um homem que, partindo em viagem, deixa a sua casa e delega sua autoridade aos seus servos, indicando o trabalho de cada um, e manda ao porteiro que vigie.
Vigiai, pois, visto que não sabeis quando o senhor da casa voltará, se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã,
para que, vindo de repente, não vos encontre dormindo.
O que vos digo, digo a todos: vigiai!"

Primeiro Domingo do Advento

Hoje será acesa a vela "roxa", que significa reflexão, conversão, da Coroa do Advento. Jesus nos diz aqui que é hora de refletir, arrepender e se converter.
O Advento nos mostra que Jesus virá no final da nossa vida e nos oferecerá vida definitiva, felicidade eterna.
O Advento é o tempo da espera que tem que ser vigiada, 'orai e vigiai', é o que Jesus espera de todos nós.
Uma das coisas que significa vigiar, é cumprir a missão que Deus nos deu, fazer valer os talentos que possuímos da melhor maneira sempre.
Vigiar significa também ser sempre um sinal vivo do amor de Deus por nós.
Nós somos esta casa que Jesus fala em sua Parábola e devemos manter esta casa bem cuidada, limpa, arejada, repleta de esperança no Senhor.

          Um abraço, feliz  Advento a todos e até o Segundo Domingo do Advento, que estarei aqui para nova reflexão com vocês, Maria Teresa

"O Advento é o primeiro tempo do Ano litúrgico, o qual antecede o Natal. Para os cristãos, é um tempo de preparação e alegria, de expectativa, onde os fiéis, esperando o Nascimento de Jesus Cristo, vivem o arrependimento e promovem a fraternidade e a Paz". 



Símbolos de Natal - Presépio do Menino Jesus

Encerramos hoje os Símbolos do Natal, 
fechando com chave de honra com o Presépio do Menino Jesus!

Imagem e texto da Web

"Frei Zacarias, enviado por São Francisco de Assis encontra em Alenquer um cenário a que chama de autêntica Belém, terra onde nasceu Jesus. A presença franciscana liga esta terra portuguesa à origem do presépio, em Greccio (Itália) onde o santo de Assis fez o primeiro presépio vivo".

"O presépio é talvez a mais antiga forma de caracterização do Natal. Sabe-se que foi São Francisco de Assis, na cidade italiana de Greccio, em 1223, o primeiro a usar a manjedoura com figuras esculpidas formando um presépio, tal qual o conhecemos hoje. A ideia surgiu enquanto o santo lia, numa de suas longas noites dedicadas à oração, um trecho de São Lucas que lembrava o nascimento de Cristo. Resolveu então montá-lo em tamanho natural, em uma gruta de sua cidade. O que restou desse presépio encontra-se atualmente na Basílica de Santa Maria Maior, em Roma. 
Presépio significa em hebraico "a manjedoura dos animais", mas a palavra é usada com frequência para indicar o próprio estábulo. Jesus ao nascer foi reclinado em um presépio que provavelmente seria urna manjedoura, como as muitas que existiam nas grutas naturais da Palestina, utilizadas para recolher animais. Outra versão é que o presépio de Jesus era feito de barro, aproveitando-se uma saliência da rocha e adaptando-a para tal finalidade. Esta é, sem dúvida, a versão mais aceita.
O presépio de São Francisco incluía uma manjedoura, acima da qual foi improvisado um altar. Nesse cenário ocorreu a missa da meia-noite, na qual o próprio santo com a vestimenta de diácono cantou o Evangelho juntamente com o povo simples e pronunciou um sermão sobre o nascimento do Menino Jesus.
Conta-se que naquela noite especial, enquanto o santo proferia as palavras do Evangelho sobre o nascimento do Menino Jesus, todos os presentes puderam ver uma criança em seu colo, envolvida em um raio de luz. A cena foi narrada em 1229 por Tommaso da Celano, biógrafo de São Francisco de Assis. Desde então, os presépios foram se tornando cada vez mais populares e, além das figuras tradicionais do Menino Jesus deitado na manjedoura, Maria e José, acabaram incluindo uma enorme variedade de personagens como os pastores, os Reis Magos, a estrela e os animais.
No Brasil, em muitos estados do Nordeste, até hoje a montagem dos presépios é acompanhada de danças e festejos conhecidos como Pastorinhas, versões brasileiras dos autos de Natal, que eram encenações do nascimento de Jesus típicas de algumas regiões da Europa, como a Provença, na França".  

Feliz e Santo Natal para todos nós! Amém!

sábado, 2 de dezembro de 2017

Símbolos de Natal Quinto dia - Noel, Bolas Coloridas,Presentes de Natal

São Nicolau 

                                                               
                                                                     Imagem da Web

"O Noel foi inspirado no bispo São Nicolau, que viveu e pontificou na cidade de Myra, na Turquia, do século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e depois se espalhou para todo o mundo. Nos Estados Unidos, a tradição do velhinho de barba comprida e roupas vermelhas, que anda num trenó puxado por renas, ganhou força. A figura do  Noel que conhecemos hoje foi obra do cartunista Thomas Nast, na revista Harper's Weeklys, em 1881".


 Bolas Coloridas

                                                                   Imagem da Web

"As bolas coloridas, que adornam a Árvore de Natal, significam os frutos daquela Árvore da vida, que é Jesus. 
Esta representam os frutos dessa árvore, os dons maravilhosos que o nascimento de Jesus nos trouxe, e, ao mesmo tempo, as boas ações daqueles que vivem em Cristo".

Presentes de Natal

Foto minha

 "A relação Natal-presente é muito antiga. Desde o início, um presente nestas datas tem sido um modo de transmitir, de modo material, às pessoas queridas a alegria própria pelo nascimento do Filho de Deus. Até o século XIX, não se generalizou a ideia, fruto das classes médias, da burguesia. Reis Magos, Menino Jesus, São Nicolau ou Papai Noel, Befana, Olentzero, Caga Tiò são personagens que, nas festas natalinas, dão presentes às crianças".

Pão Celeste 
                              Imagem da Web
"O Pão Celeste (Oplatek) faz parte da cultura polonesa. Trata-se de uma espécie de hóstia, feita de trigo, sem fermento, cuja cor e forma podem variar. Feita e abençoada especialmente para esse fim. É usado na hora da ceia do Natal. O pai da família quebra e reparte a hóstia (não consagrada) entre os presentes. A seguir desejam a paz e boas festas mutuamente uns aos outros, condividindo a sua parte da hóstia com todos; enquanto isto, cada qual come a parte que recebe dos outros. Este rito tão simples relembra a festa bíblica da libertação. Exprime a unidade e solidariedade da família que se alimenta com o mesmo pão em meio a votos de felicidade".A Ceia de Natal, que é símbolo do banquete eterno, é o momento em que a família se reúne para celebrar. A Ceia, ou refeição do Natal, significa que a nossa verdadeira vida é Cristo, o Filho de Deus, que estamos festejando. Na Ceia, costuma se colocar no centro uma vela acesa para simbolizar Cristo, que nos une em volta de Si, que é a nossa luz.


Ceia

                                       Imagem da Web


"A Ceia de Natal, que é símbolo do banquete eterno, é o momento em que a família se reúne para celebrar. A Ceia, ou refeição do Natal, significa que a nossa verdadeira vida é Cristo, o Filho de Deus, que estamos festejando. Na Ceia, costuma se colocar no centro uma vela acesa para simbolizar Cristo, que nos une em volta de Si, que é a nossa luz".

Textos da Web


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Nosso Presépio

                                                                    Nosso Presépio

Essa época de Natal meche muito comigo, revira meu coração,
Fazendo velhas histórias, lá de trás, ficarem tão presentes no agora, que parece que estão acontecendo de novo, neste momento.
Tudo retorna gostos, aromas, semblantes, toques, vozes...
E vejo papai, mamãe, vovô montando o Presépio e eu bem pequena sentada ao lado, só observando e ouvindo atentamente cada som, cada ruído, cada palavra.(ainda sou assim).
Para mim, era um acontecimento, eu esperava ansiosa por este momento mágico, parecia que Jesus, só estava esperando colocar a sua Manjedoura para ele poder nascer.
E eles iam construindo com papel pardo a Gruta e pintavam delicadamente e eu olhando e ouvindo, pois sempre um deles ia contando a história de Jesus e as imagens iam sendo colocadas uma a uma e o papai ia falando de cada uma delas e a importância de cada um daqueles personagens reais, na vida de Jesus.
E quando o Presépio estava pronto a história de Jesus, desde a concepção até o nascimento já estava bem contada e ilustrada ali ao vivo diante dos meus olhos de criança.
Quando terminavam, mamãe acendia uma vela e ali rezávamos para Jesus nascer no coração de cada um de nós e ficar dentro dele para sempre.
Todas as noites a família toda, éramos sete (vovô, papai, mamãe, meus irmãos Zezé, Sidney, Celso e eu) nos ajoelhávamos e rezávamos para o Menino Jesus e na noite de Natal, íamos todos juntos a Missa do Galo.

E quando arrumei nosso Presépio hoje e memórias povoaram suavemente meu coração e como foi bom rever todos eles ali diante de mim e eu tão pequena e tão atenta na história de Jesus.
Foi bom demais reviver estes momentos únicos.
Feliz Natal a todos!  Maria Teresa
                           



Primeiro de Dezembro de 2017

Minhas mãos acolhendo Jesus, para levà-lo para dentro do meu coração!

Primeiro de Dezembro de 2017, estamos pertinho 
do Natal novamente, graças a Deus!
Mas quando paro para pensar na velocidade que 
este ano passou fico até um tantinho assustada, 
não com o tempo em si, mas com projetos que 
idealizei e que não deu tempo para realizar.
Este mês dizem os entendidos que é para colocarmos 
os pingos nos "is", fechar projetos, pagar contas, 
pensar no que fizemos de certo ou errado nesta vida 
para tentar consertar, enfim é o "Advento" 
da nossa vida e estamos no "Advento, período 
das quatro semanas antes do Natal,
para a preparação espiritual compatível com 
esta festa".
Pois então, fico a pensar nas coisas que políticos 
prometeram ao povo deste Brasil varonil e não cumpriram, 
muito pelo contrário estes políticos estão tirando o que resta 
de dignidade do povo brasileiro, uma corrupção desenfreada
e estamos chegando no Natal!
É o aniversário de Jesus! 

Sempre gostei muito desta data, 
não por causa de presentes, por que na minha casa 
nem tinha isso de presentes, éramos pobres de dinheiro, 
mas ricos em espiritualidade e vivíamos o que de fato esta 
data significa o DIA DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO, o 
NOSSO SALVADOR, mas a maioria nem pensa em Jesus e sim 
nas quantas cervejas tem que comprar, no vinho, nas guloseimas, 
nos presentes, não sou contra nada disso de maneira alguma, até gosto 
e muito desta parte também, mas NATAL não é só isso, pensem nisso.
Desejo que o Natal de todos seja abençoado por Aquele que nasceu 
para nos libertar de todas as amarras que nos fazem menores
e prisioneiros de nós mesmos, 
por que Deus nos quer grandes,
 para fazer o bem que Jesus tanto 
pregou.
Feliz Dezembro!
 Maria Teresa

Símbolos de Natal - Quarto Dia - Cartões de Natal

Meu cartão de Natal
Texto da Web
A prática de enviar cartões de Natal surgiu na Inglaterra, no ano de 1843. Em 1849, os primeiros cartões populares de Natal começaram a ser vendidos por um artista inglês chamado William Egly. Independentemente da sofisticação, beleza e simplicidade, os cartões são símbolos do inter-relacionamento do homem. O ser humano é comunicação, é relacionamento. A dimensão dialogal, de comunhão, de empatia do ser humano se expressa pela palavra escrita nesses cartões. Nesse sentido, é significativo nos expressarmos através da arte e da palavra contida nesses cartões, pois Cristo é o Verbo, a Palavra criadora, unificadora e salvadora de Deus (Jo 1,1-5).

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Símbolos de Natal - Terceiro dia - Anjos

                                                             Imagem de texto da Web

"O Anjos são mensageiros de Deus na história da salvação. São o sinal de que "os céus se abriram e Deus visitou seu povo". Simbolizam a comunicação com Deus. A Igreja Católica, baseando-se nas Sagradas Escrituras, na herança judaica e nos escritos dos Santos Padres, crê na existência dos anjos, como afirma o próprio Catecismo: “A existência dos seres espirituais, não-corporais, que a Sagrada Escritura chama habitualmente de anjos, é uma verdade da fé. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição.” (CIC, 328). O desenvolvimento da angeologia (estudo dos anjos) na Igreja Católica aconteceu principalmente no período dos padres apostólicos, quando a fé cristã se viu ameaçada em sua pureza por diversas heresias.
O confronto mais rigoroso entre o cristianismo e a filosofia neoplatônica estimulou Agostinho e o Pseudo-Dionísio a aprofundar a doutrina tradicional sobre a natureza e a função salvífica dos anjos. O Pseudo-Dionisio, autor desconhecido do século VI, apoiando-se em Proclo, dividiu os anjos em nove coros, hierarquizando-os em três tríades de dignidade crescente: 1º hierarquia - Serafins, Querubins e Tronos; 2º Hierarquia - Dominações, Potências e Virtudes; 3º Hierarquia - Principados, Arcanjos e Anjos. Tal nomenclatura celeste aparece em alguns textos escriturísticos, a saber: Efésios 1, 21 e Colossenses 1, 16.
Essa hierarquia celeste, em parte, é também encontrada no Missal Romano no prefácio dos anjos: “Pelo Cristo vosso Filho e Senhor nosso, louvam os Anjos a vossa glória, as Dominações vos adoram, e reverentes, vos servem Potestades e Virtudes. Concedei-nos também a nós associar-nos à multidão dos Querubins e Serafins, cantando a uma só voz”.
A liturgia cristã, tanto grega quanto latina, honra os anjos como servos de Deus e amigos dos homens. Basta lembrar que no dia 29 de setembro celebra-se a festa dos Arcanjos Miguel, Rafael e Gabriel, e no dia 02 de outubro a festa dos Santos Anjos da Guarda. A Igreja também associa suas celebrações à liturgia celeste, como atestam o Trisagion do ritual de São João Crisóstomo e o tríplice Sanctus (Santo) do ritual latino".

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Simbolos de Natal - Segundo dia


Estrelas e velas

Estrela que serviu de guia para os Reis Magos
A estrela, na sociedade humana, sempre esteve ligada como "bússolas naturais" das pessoas. Hoje, os aparelhos de navegação evoluíram de tal forma que as estrelas se tornaram apenas ornamentos no céu, objeto de estudo. Contudo, durante milhares de anos eram elas as responsáveis em guiar os navegadores pelos mares e os viajantes pelos desertos. Elas indicavam a direção, o sentido, o porto seguro.

Foi uma estrela que guiou os três reis magros Baltazar, Gaspar, Melchíor - do oriente até Belém, onde nasceu Jesus, para que pudessem presentea-lo com ouro, incenso e mirra , é lembrada hoje pelo enfeite que é colocado no topo da árvore de Natal. E Jesus Cristo é a estrela que guia a humanidade. Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida (Jo 14, 6).


Velas

As velas representam a luz de Cristo
As velas simbolizam a presença de Cristo como luz do mundo. Ele próprio disse: "Eu sou a luz do mundo. Quem anda comigo não anda nas trevas" (Jo 8, 12). Cada Natal deve renovar a nossa fé em Jesus e nosso empenho de viver n'Ele, com Ele e por Ele, a luz do Natal.

(IMAGEM DA WEB

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Símbolos de Natal - Árvore de Natal

A partir de hoje postarei resultado de uma pesquisa realizada na Web, sobre os símbolos do Natal


Árvore de Natal
A árvore de Natal foi inventada por São Bonifácio, que ficou conhecido como apóstolo dos germanos ou evangelizador da Alemanha. O Santo nasceu na Inglaterra em 672 e faleceu martirizado em 5 de junho de 754. Seu nome religioso, em latim Bonifacius, quer dizer “aquele que faz o bem”, tem o mesmo significado do seu nome saxão Wynfrith. Em 718, Bonifácio esteve em Roma e o Papa Gregório II enviou-o à Alemanha, com a missão de reorganizar a Igreja local. Por cinco anos, ele evangelizou territórios que hoje fazem parte dos estados de Hessen e Turíngia. Em 722, foi feito Bispo e, um ano depois, inventou a árvore de Natal.
Em 723, São Bonifácio derrubou um enorme carvalho dedicado ao deus Thor, perto da atual cidade de Fritzlar, na Alemanha. Para convencer o povo e os druidas, que eram sacerdotes do lendário povo celta, de que não era uma árvore sagrada, ele cortou-a. Na queda, o carvalho destruiu tudo que ali se encontrava, menos um pequeno pinheiro. Segundo a tradição, Bonifácio interpretou esse fato como sendo um milagre. Esse fato aconteceu no Tempo do Advento e, como ele pregava sobre o Natal, declarou: “Doravante, nós chamaremos esta árvore de Árvore do Menino Jesus”. A partir disso, teve início o costume de plantar pequenos pinheiros para celebrar o nascimento de Jesus, inicialmente na Alemanha, e depois para o mundo todo. A partir do sáculo XV, os fiéis começaram a montar as árvores em suas casas. Com a reforma protestante – que suprime as tradições do presépio e de São Nicolau –, a árvore adquire maior protagonismo em muitos países do norte. A seus pés, as crianças encontram os presentes trazidos pelo Menino Jesus.


Em 1982, a árvore foi instalada pela primeira vez na Praça de São Pedro. Nesta ocasião, disse o Papa João Paulo II: "Eu creio que é o símbolo da árvore da vida, aquela árvore mencionada no livro do Gênesis e que foi plantada na terra da humanidade junto a Cristo (...). Depois, no momento em que Cristo veio ao mundo, a árvore da vida voltou a ser plantada através d'Ele e agora cresce com Ele e amadurece na cruz (...). Devo dizer-lhes - confessava – que eu pessoalmente, apesar de ter uns quantos anos, espero impacientemente a chegada do Natal, momento em que é trazido aos meus aposentos esta pequena árvore. Tudo isso tem um enorme significado, que transcende as idades...".

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Dia da Gentileza - 13 de Novembro


Sejamos leves e transparentes como a rosa.
Quem ama cuida.
Quem cuida é por que ama.
E quem se sente cuidado, cuida mais.
Por que gentileza gera gentileza.
Bem querer gera bem querer.
Amor gera amor e assim por diante.
E como não ser gentil com quem é gentil conosco?
Pensemos nisso e vamos fazer uma corrente de GENTILEZAS, espalhemos esta ideia.
Maria Teresa


quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Saudades

                            Minha roseira
A saudade que sinto dos meus pais, meu avô, meu irmão e de tantas outras pessoas tão queridas... é uma saudade só minha, tão intima e tão dolorida as vezes que parece que vai sufocar e tirar o ar.
Ela é constante e cortante dentro de mim, não me dá trégua, não sai de mim, que às vezes sinto o cheirinho deles perto de mim e quando isso acontece fecho meus olhos para eternizar este momento tão meu tão nosso.
É uma saudade de vida, não de morte, por causa das histórias que vivemos juntos, do caminho que percorremos juntos e sempre estarão vivos em mim.
Que saudades que dá de ouvir a voz, de ouvir meu nome pronunciado por eles, que saudades!
Saudades de ouvir velhas histórias, que só eles sabiam contar e não dá nem para recontar, apenas recordar e que bom que elas estão vivas em minha memória e no coração.
Esta saudade é colorida, por que eles pintaram em minha vida cores inimagináveis, cores que não vejo por aí, vejo apenas nas lembranças doces e suaves que tenho e sinto por eles.
Que saudades, saudades às vezes tão doídas em mim, mas não quero parar de senti-las, pois esta é a forma de mantê-los vivos dentro de mim.
É saudade, é amor e será sempre assim, recheada de amor incondicional e intemporal.
Saudades infintas de vocês meus amadinhos!
               Maria Teresa

Mimo de Gracita

Delicadeza de Roberta Maia

Como é bom viver...

Hum, como é bom viver a vida com responsabilidade e alegria!
Mas vida é curta para ser vivida com intolerância, com mau humor e estupidez como tenho visto por ai.
A vida é para ser vivida como se fosse um desabrochar de uma rosa, lentamente. Como o despertar do girassol, que se espreguiça todo até ficar olhando o sol, para melhor aproveitar a sua vida.
Viver a vida como se ela fosse uma sinfonia de pássaros matinais e se prestar atenção ouvirá uma sinfonia diferente a cada amanhecer, é só não ter pressa e ouvir, porque os pássaros estão lá a cada amanhecer.
Viver a vida sem pressa alguma porque a pressa não deixará experimentar o doce sabor que ela oferece a cada dia e olha, ela oferece sabores diferentes e crescedores de se viver.
Viver a vida como se não houvesse noites e só dias e dias de sol.
Então faça da noite do viver o mais lindo dia de sol!!

Arte: Émilie Munier
Autoria: Maria Teresa

Palavras da autora: “...nasci rodeada por livros, boa música, pinturas de quadros (papai tinha um atelier em casa), bordados (mamãe bordava lindamente) e muita religiosidade, caçula de três irmãos homens, temporã de pais na meia idade, fui educada com muito amor e mimo......adoro poesia e deixo o coração ditar e minhas mãos copiarem sobre o papel e ou teclado...amo ler e escrever, gosto muito de brincar com as letras...”

Maria Teresa tem dois Blogs:
Blogs lindos, cheio de declarações de amor( a seu marido) e muita paz!!!
Conheçam!!!

- Minha querida Maria Teresa, sua base familiar refletiu na linda mulher que é, apesar de conhecer apenas virtualmente, sinto sua energia BOA daqui!
Aqui é seu selinho destaque querida, fique à vontade para leva-lo:


Beijinhos Iluminados e Agradecidos!!

11 Comentários:

  1. Ahhhhhh como é bom VIVER!

    Aproveitar cada momento de sorriso nos lábios!

    Ahhhh como é bom VIVER

    Post inspirador Roberta!
    Amei

    :)

    Responder
    Respostas
    1. An@, sorriso nos lábios, adorooooo...!!!
      Beijinhos Iluminados!!!

      Muita Luz!!

  2. Bom dia Roberta, Parabéns a Maria Tereza pela doçura e sensibilidade, viver a vida sem pressa hoje em dia é um desafio que todos nós deveriamos querer vencer! Ótimo dia! Bjoooooss

    Responder
    Respostas
    1. Kellen,os blogs de Maria Teresa são cantinhos onde ela mostra sua paixão pelo marido e a vida!!!

      Lindo Dia!!!

  3. Conheço os blogs da Maria Tereza e são lindos sempre!!beijos às duas! chica

    Responder
    Respostas
    1. Chica, são lindo nê?!AMO DE PAIXÃO!!!
      São muito transparentes...claros!!!

      Beijinhos Iluminados!!!

  4. Querida Roberta, nem sei como fazermos para agradecer, ficamos deveras muito emocionados.
    Ficou linda sua postagem, trouxemos conosco o lindo selo que nos presenteou.
    Agradecemos do fundo do coração e seja sempre muito feliz e abençoada, que sua vida seja repleta de luz e muito amor sempre...beijos nossos no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Teresa, obrigada você por ter dado a permissão para que uma de suas obras estivesse aqui no Blog Luz!!!
      Fico imensamente feliz que tenham gostado!

      Beijinhos de Luz no coração do casal!!!
      Bençãos Plenas!!

  5. É isso mesmo, como é bom viver e aproveitar de todas essas coisas maravilhosas que a vida tem para nos oferecer. Ás vezes nem damos conta que estão mesmo pertinho de nós :)
    Linda mensagem, os meus Parabéns à autora!
    Beijiinhos

    Responder
  6. Olá! Tudo diferente e belo por aqui! Adorei as imagens de muita paz...e harmonia e o texto da Maria Tereza perfeito...vou conhecer...
    Parabéns Roberta!
    Bjs e que seu dia seja ótimo, com paz e bons pensamentos!
    CamomilaRosa

    Responder
  7. Olá Roberta,

    Conheço a Maria Tereza. É uma amizade recente, mas já pude constatar a beleza e sensibilidade de sua alma. Seus blogs são excelentes.

    O texto é lindo. Um convite à arte de bem viver.

    A ilustração ficou encantadora com a arte de Émilie Munier. Parabéns pelo bom gosto!

    Beijos.

    Responder