Divagando...

Divagando...
Bosque da Princesa em Pindamonhangaba - Foto de Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Repassando uma mensagem: MEMÓRIA




Uma prática para prevenir o envelhecimento e perda de memória.
Parece fácil, certo?
Faça este exercício da cultura chinesa simples e eficaz... e verá. A essência é que seus olhos devem estar fechados quando você pratica "Jin Ji Du Li" ... preste atenção.

Eis o exercício:
Fique sobre uma só perna, com os seus olhos abertos. É só isso.

Experimente agora fechar os olhos.
Se você não for capaz de ficar em pé por pelo menos 10 segundos seguidos, significa que seu corpo se degenerou ao nível de 60 a 70 anos de idade. Em outras palavras, você pode ter apenas 40 anos de idade, mas seu corpo envelheceu muito mais rápido.
Ficar sobre um pé com os olhos abertos, é uma coisa e  fazer o mesmo com os olhos fechados ... a história é outra!
Não precisa levantar muito a perna. Se os seus órgãos internos estão fora de sincronia, mesmo levantando a perna um pouco vai fazer você perder o seu equilíbrio.

A prática frequente e regular do "Jin Ji Du Li", pode ajudar a restaurar o sentido de equilíbrio. Na verdade, os especialistas chineses sugerem que a prática diária por 1 minuto, ajuda a prevenir a demência.

Primeiramente, você pode tentar fechar os dois olhos, não completamente. Na verdade, é isso que o especialista de saúde Zhong Li Ba Ren recomenda. A prática diária de Jin Ji Du Li, pode ajudar na cura de muitas doenças, tais como:
Hipertensão; altos níveis de açúcar no sangue ou diabetes; o pescoço e doenças da coluna vertebral; também pode impedi-lo de sofrer de demência senil. Diz-se que de acordo com o entendimento de médicos chineses, a doença pode aparecer no corpo devido a problemas surgidos na coordenação entre os vários órgãos internos, o que faz com que o corpo perca o seu equilíbrio.
Jin Ji Du Li pode zerar esta interrelação dos órgãos e como eles funcionam juntos. Zhong Li Ba Ren disse que a maioria das pessoas não consegue ficar sobre um pé com os olhos fechados por 5 segundos, mas depois, praticando todos os dias, são capazes de fazer por mais de 2 minutos.

Quando você conseguir ficar mais tempo, a sensação de peso desaparece.
 Ao praticar Jin Ji Du Li, você vai notar que sua qualidade do sono fica melhor, a mente limpa e melhora a memória significativamente.

A coisa mais importante é que se for praticado Jin Ji Du Li
com os olhos fechados por 1 minuto todo dia, você não irá sofrer de demência senil (o que significa que o cérebro continuará saudável).

Zhong Li Ba Ren explicou que há seis meridianos principais
que passam por entre as pernas. Quando você ficar em uma perna, você sente dor devido ao exercício e, quando isso ocorre, os órgãos correspondentes a esses meridianos e suas formas começam a receber os ajustes necessários. Este método é capaz de se concentrar a consciência e canalizar o corpo até os pés.

Os efeitos benéficos da prática de Jin Ji Du Li em várias doenças como: a hipertensão, diabetes, pescoço e coluna vertebral, começarão a ser sentido rapidamente. Problemas como a gota também poderá ser prevenido.
 Cura doenças básicas como "Pés Frios" e também pode reforçar a imunidade do corpo.

Você não precisa esperar até que você tenha uma doença
para começar a praticar Jin Ji Du Li. É adequado para quase qualquer tipo de pessoa e especialmente benéfico em pessoas jovens, se praticadas diariamente, a probabilidade de adquirir problemas naturais da idade, será menor.

Não recomendado para pessoas cujas pernas são fracas e não podem ficar por longos períodos em pé. 

UM abraço, Maria Teresa

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Um Amor maior!

Foto retirada da Internet.


"Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão, caminharão e não se fatigarão".  Isaías 40:31







segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Uma breve meditação.....Linda semana de vitórias!




 "Acaso não sabes? Ainda não ouviste falar? O SENHOR é o Deus eterno! Foi ele quem criou toda a extensão do mundo. Ele não corre nem se cansa, nem é possível pesquisar sua inteligência..É ele que dá ânimo ao cansado, recupera as forças do enfraquecido..Até os jovens se afadigam e cansam e mesmo os guerreiros às vezes tropeçam..mas os que esperam no SENHOR, renovam suas forças, criam asas como águia, correm e não se afadigam, andam, andam e nunca se cansam." ( Isaías 40:28-29)

                                               Um abraço, Maria Teresa

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O caminho (((de Maria Teresa)))

Imagem retirada da Web.


Escuta uma coisa, agorinha mesmo estava pensando sobre a insatisfação humana.
É sim as pessoas andam insatisfeitas com o caminho que está a seguir.
Então eu pergunto.
Será que não é melhor para de trilhar este caminho e tomar novo rumo?
Será que não é melhor de parar de conversar certos assuntos que não estão levando você a lugar algum?
Claro que é gostoso ‘jogar conversa fora’ de quando em quando, só para relaxar, mas levar a vida com conversa vazia, ah pode parar.
Será que não é melhor parar de andar com certas pessoas que não saem do lugar, estão sempre ali, fazendo as mesmas coisas e não crescem, continuam vazias e inócuas?
Será que não é melhor que começar a ler novos livros, aqueles que você está lendo não está acrescentando nada em você?
Será que não é melhor fazer uma nova leitura de sua vida?
Será que não é melhor deixar de freqüentar certos lugares, onde você só conhece pessoas iguais e que não trazem nada de legal e amorosa a sua vida, que não se diferenciam em nada, por que não tem vontade de crescer e não nada em sua vida, apenas sugam o que de belo tem em você?
Será que não é melhor deixar o ‘oba-oba’ pra lá e fazer algo que mude sua vida?
Será que não é melhor você parar e pensar o que de fato vale a pena, nessas amizades, nesse caminho que você está, nas roupas que você veste, nas coisas que você diz, na bebida que você bebe, no cigarro que você fuma, nos palavrões que você fala, nas atitudes que você toma em relação a você que não são em nada boas para o seu futuro?
Escuta aqui de novo, se este caminho que você está não lhe faz feliz, foge dele, o tempo passa depressa e você tem que ser feliz.
Você foi criada (o) para a felicidade e não para viver só, tem uma pessoa reservada (o) para você.
Pelo amor de Deus, fuja.
Ande depressa e vá por outro caminho, antes que fique muito escuro e você não descubra mais o caminho a seguir.
A ordem é ser feliz.
Ah eu não sou a dona da verdade não, estou dando apenas uma sugestão, ouça quem tem ouvidos para ouvir.
Um abraço carinhoso de uma pessoa que optou por outro caminho na vida e é muito feliz, Maria Teresa

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Todo dia é aniversário de alguém...de quem será hoje?

Rosas do jardim de nosso quintal para você que aniversaria hoje e ainda não recebeu um abraço.

Quantas pessoas estão aniversariando hoje e nem um sorriso, quiça um abraço 

ou simples parabéns receberam?

Muito triste isso e o aniversário de cada pessoa é por certo o dia mais impor-

tante da vida, por que é o dia que recebemos o dom da vida.
Não existe coisa mais linda que viver.
Que viver o dia a dia de maneira íntegra e feliz.
Mas tem pessoas que aniversariam e nem um abraço recebe.
Eu sempre fui muito acarinhada em meus aniversários graças a Deus.
Quero nesse dia 20 de agosto de 2012 dar um abraço em cada pessoa que 
aniversaria hoje.
Quero dar o meu melhor sorriso.
O meu melhor carinho.
A minha maior ternura.
Quero dar a cada  pessoa que aniversaria hoje motivos para ter esperança 
na vida.
Quero dar mesmo que seja por aqui um pouco do amor que existe dentro 
do meu coração e desejar
muita paz, saúde e paz em seu coração, pessoas  lindas que aniversariam 
hoje.
Um abraço sincero de Maria Teresa

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Uma pergunta

Sente a harmonia da rosa rosa com o azul do céu e o verde da bananeira!
Perfeito!

"O que é harmonia?
Harmonia é a roupa que vestimos nossos sentimentos".
            ((((Desconheço a autoria))))

Para mim harmonia é além disso o modo como amamos o outro, como ouvimos o coração do outro...Maria Teresa

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Objetivo


Quando se quer atingir um objetivo não se pode pensar nas dificuldades 
ou na dor que isso pode causar,, tem que ir em frente e seguir lutando, 
por que só quem luta atinge objetivos. 
  Um abraço, Maria Teresa



domingo, 12 de agosto de 2012

Hora da saudade! de Luiz José de Brum

Papai me entregando do diploma de professora, estávamos super felizes,
éramos muito felizes.

Vou homenagear meu querido pai com um poema da autoria dele, "Hora da Saudade", não vejo melhor forma de homenagear este homem que é meu herói!
As palavras hoje me faltam, por causa da saudade que sinto e tenho dele, do meu querido pai.

"Lá num passado distante
A minha mãe e meu pai
Meus irmãos eu ainda de calças curtas
O canto dos passarinhos em profusão
As pastorinhas, os folguedos
Em dias ensolarados
Nas praias limpas dos rios.
O rio Piraí límpido e calmo
Os passeios pelas matas floridas
E perfumadas
Os repiques festivos dos sinos
As festas de Santa Ana
O mês de Maria
As cotidianas dez badaladas
Da hora da Ave Maria!
Os lampiões a gás
Aquela cidade limpa e pacata
O seu povo simples e amigo
O canto melancólico da cigarra
Tudo numa sentida e profunda saudade".
 De Luiz José de Brum, meu querido pai!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Vamos refletir sobre a felicidade?

Bosque da Princesa em Pindamonhangaba, numa manhã Outonal,
foto clicada por mim.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade
Maria Teresa

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

terça-feira, 7 de agosto de 2012

QUANDO A BOCA CALA...O CORPO GRITA! - Este alerta está colocado na porta de um espaço terapêutico.

Recebi por e-mail este texto e resolvi partilhar com vocês, um abraço.

"A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma.
O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra.
O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.
E as dores caladas? Como falam em nosso corpo?
A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.
O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadasEquívocos, existem semáforos chamados Amigos,
luzes de precaução chamadas Família, e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão,
um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado , abundante combustível chamado Paciência

Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado DEUS."

Um abraço carinhoso de Maria Teresa
           

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Dia Litúrgico, 6 de Agosto, Transfiguração do Senhor!

Dia Litúrgico: 6 de Agosto, Transfiguração do Senhor
Evangelho (Mt 17,1-9): Naquele tempo, Jesus levou consigo 
Pedro, Tiago e João e os fez subir a um lugar retirado, no 
alto de uma montanha, a sós. Lá, ele foi transfigurado diante 
deles. Sua roupa ficou muito brilhante, tão branca como 
nenhuma lavadeira na terra conseguiria torná-la assim. 
Apareceram-lhes Elias e Moisés, conversando com Jesus. 
Pedro então tomou a palavra e disse a Jesus: «Rabi, é bom
 ficarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra 
para Moisés e outra para Elias». Na realidade, não sabia 
o que devia falar, pois eles estavam tomados de medo.

Desceu, então, uma nuvem, cobrindo-os com sua sombra. 
E da nuvem saiu uma voz: «Este é o meu Filho amado. 
Escutai-o!». E, de repente, olhando em volta, não viram 
mais ninguém: só Jesus estava com eles. Ao descerem da 
montanha, Jesus ordenou-lhes que não contassem a ninguém 
o que tinham visto, até que o Filho do Homem ressuscitasse 
dos mortos. Eles ficaram pensando nesta palavra e discutiam 
entre si o que significaria esse «ressuscitar dos mortos».
Comentário: +Rev. D. Joan SERRA i Fontanet (Barcelona, Espanha)
Este é o meu Filho amado
Hoje o Evangelho nos fala da Transfiguração de Jesus Cristo no monte Tabor. Jesus, depois da confissão de Pedro, começou a mostrar a necessidade de que o Filho do homem fosse condenado à morte e anunciou também a sua ressurreição ao terceiro dia. É neste contexto que devemos situar o episódio da Transfiguração de Jesus. Anastácio, o Sinaíta escreve que «Ele tinha se revestido com nossa miserável túnica de pele, hoje se colocou a veste divina, e a luz o envolveu como um manto». A mensagem que Jesus transfigurado nos traz são as palavras do Pai: «Este é o meu Filho amado. Escutai-o!».(Mc 9,7). Escutar significa fazer sua vontade, contemplar sua pessoa, imitá-lo, por em prática seus conselhos, tomar nossa cruz e segui-lo.

Com o propósito de evitar equívocos e más interpretações, Jesus «ordenou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem ressuscitasse dos mortos». (Mc 9,9). Os três apóstolos contemplam a Jesus transfigurado, sinal de sua divindade, mas o Salvador não quer que se divulgue até depois de sua Ressurreição, quando se poderá compreender a dimensão deste episódio. Cristo nos fala no Evangelho e em nossa oração; então poderemos repetir as palavras de Pedro: «Rabi, que bem estamos aqui» (Mc 9,5), sobretudo depois de ir a comungar.

O prefácio da Missa de hoje nos oferece um belo resumo da Transfiguração de Jesus. Diz assim: «Porque Cristo, Senhor, tendo anunciado sua morte aos discípulos, revelou sua glória na montanha sagrada e, tendo também a Lei e os profetas como testemunhas, os fez compreender que a paixão é necessária para chegar à gloria da ressurreição». Lição que cristãos não devem esquecer nunca. 
               (((((TEXTO RETIRADO DA INTERNET, POR SINAL MUITO BEM COMENTADO, BOA LEITURA E SANTA MEDITAÇÃO. um abraço Maria Teresa)))))

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Bate papo do dia! de Luiz José de Brum, meu querido pai!


     Eu sou o dia, hoje o meu semblante está alegre e toda a natureza se alegra comigo, mas às vezes estou carrancudo, choroso e toda a natureza se entristece e chora comigo.
     É que meu tataravô é um velho que ora está alegre e ora ranzinza e muitas vezes furioso e a minha alegria ou tristeza depende dele.
     O meu é tataravô é o tempo é tão velho como o mundo, quando estou alegre, sorridente, sou um dia de sol seguido de uma noite calma com o céu crivado de estrelas.
     As arvores se dobram suavemente sob o respirar brando do meu tataravô, a essa respiração dão o nome de respiro, a essa respiração branda dá-se o nome de brisa.
     Outras vezes sou um mal dia por que o meu tataravô está enfurecido, respira forte, soprando com furor derrubando tudo, bufa, uiva, ruge como uma fera.
     As arvores sob sua fúria dobram-se e quebram-se, as casas são destruídas e destelhadas. Dá a respiração estertorosa e violenta o nome de furacão.
     A minha vida é de pouca duração é limitada pelo giro que a terra faz em torno do seu eixo.
     Há tempos remotos os homens só conheciam as duas fases principais de minha vida, o nascer e o por do sol.
     Aí inventaram de espetar uma vareta no chão, cuja sombra marcava a minha idade, muito mais tarde inventaram um aparelho que cheio de areia w=que colocado de cabeça para baixo ia escoando a areia a fim de determinar a minha idade, mesmo que meu tataravô estivesse zangado e não deixasse o sol sair.
     Por fim inventaram uma peça mecânica que deram o nome de relógio, o qual fazia aquele que fazia o trabalho com mais precisão, marcando as minhas vinte e quatro horas.
     Como vêem tenho uma vida curta, entretanto posso ficar imortal e com isso imortalizar o meu pai, o mês e o meu avô o ano, basta para isso que um fato histórico ou o nascimento de um homem que se tornou famoso pelos seus feitos, se dêem no período da minha existência, assim como a Proclamação da República e o dia 15 ficou imortal e imortalizou o seu pai Novembro e o seu avô 1889 também ficou imortal.
     Também costumo ficar imortal quando algum poeta ou escritor aplica o meu nome nas suas obras e fica imortal, também o meu pai o mês e muitas vezes ficam também imortais os meus tios, a primavera, o verão, o inverno e raramente o outono.
     Eles fazem assim: “naquele dia triste de inverno...” ou então “naquela tarde alegre de primavera...” ou ainda “naquele dia de verão afogadiço...”
     Só não é muito lembrado o meu tio outono, por ser um sujeito indiferente, pois não é frio e nem quente.
     É assim a minha curta existência, vou parar por aqui por que o meu tataravô o tempo voa veloz e temo que me deixe em dificuldade para mais explicação, salvo se acontecesse como naquele fato bíblico em que a pedido de Josué, o dia teve maior duração e então eu poderia bater mais um pouco de papo. 
          De Luiz José de Brum, meu querido papai. 
    (((Esta crônica foi escrita na década de sessenta)))
    

    


quinta-feira, 2 de agosto de 2012

O tapete mágico! de Luiz José de Brum


Assentando-me no tapete mágico, felizardo quem possui, transportava-se num abrir e fechar de olhos, para onde bem quisesse.
Era assim que ouvimos maravilhados contar essas histórias que nos encantavam quando ainda crianças, entretanto agora depois de adultos podemos viajar num tapete mágico muito mais poderoso do que aquele dos contos que povoavam a nossa imaginação infantil.
Este nos transporta a mundos maravilhosos e desconhecidos aos demais, nos leva as regiões do passado e até do futuro.
Este poderoso tapete mágico á a música que despertando em nossa alma e a sensibilidade nos arrebata para essas paragens de encantamento e beleza.
Vamos subir neste nosso tapete mágico e vamos repousar nosso espírito fatigado das lutas cotidianas e deixemos que suas tênues asas nos levem a seu bel prazer, estamos ouvindo uma sinfonia.
E pouco a pouco tudo que nos rodeia vai-se afastando da nossa mente e começamos a pensar em um mundo maravilhoso e em cada acorde vemos uma passagem
que nos enche de alegria, o firmamento que passava despercebido aos nossos sentidos torna-se uma beleza indescritível, sobrevoando a terra e de lá a olhamos enternecido.
Aqui um conjunto de pontos brancos é uma pequena cidade, ali campos recamados de flores multicores e salpicados por borboletas que num movimento incerto vão de flor em flor, mais adiante um imenso bosque do centro do qual corre um regato de água cristalina.
O sol atravessando o denso arvoredo e vai iluminar fazendo-o irradiar as cores do arco-íris que vão projetar nas folhagens exuberantes, pássaros de diversas espécies e plumagens coloridas voam de galho em galho cantando formando um canto mavioso, nesta sinfonia das florestas se destaca o canto dolente do sabiá.
Do despertar imponente de uma manhã de primavera, vendo brilhar sob a luz branda do sol, as gotas diáfanas de orvalho que são lágrimas da noite despedem pesarosas, somos levados ao cair da tarde, já longe o sol se escondendo atrás da montanha vai tingindo de ouro nuvens como flores de algodão.
Agora num acorde forte e num arranjo de movimento ligeiro, nos surge um cenário que embora assustador nos empolgue, um céu sobrecarregado de grossas e escuras nuvens que num rodopiar parecem grandes novelos de lã em desalinho, relâmpagos partindo do alto projetam luz pelo infinito e raios com grandes estrondos vem mergulhar no seio da terra, vento soprando com fúria embravecida ruge quebrando velhas árvores.
Agora noutro movimento mais lento e suave, o temporal cessa e o sol surge cheio de beleza e um compasso monótono uma caravana segue as belas planícies orientais.
Sob a envolvente melodia cada um de nós tem impressões diversas, uns de alegria, outros de entusiasmo e alguns de tristeza, por que a música tem encanto, tem beleza e tem magia... Crônica de Luiz José de Brum,meu pai querido

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Protesto!

E tem que ter respeito mesmo, começando pelo governo, por aqueles que detém o poder nas mãos, mas não fazem quase nada para melhorar a vida do professor e do aluno.
Exigimos respeito!

Imagem da Web.

Exigimos respeito e muito respeito, por que se não fosse o professor 
esses que se dizem líderes de um povo não estaria onde estão, mas 
garanto que os professores 
não ensinaram
eles serem corruptos e canalhas, claro que temos exceções, muito
 pouco,mas temos.
concordo que te que ser com amor sim, mas isso tem que ser em 
qualquer profissão do bem.
Pois então, só amor não paga aluguel, plano de saúde, comida, 
vestuário, remédio, lazer, etc, etc, etc....
Gostaria de propor para quem falou isso, que eu não sei quem é, 
que vivesse só de amor.
Gostaria de propor a “dona Dilma a presidenta do BRASIL”, 
que vivesse apenas por um mês  só de amor  e renunciasse do 
seu salário em  benefício do professor, por que o professor está 
cansado de passar fome, trabalhando só por amor a arte de educar.
Ah e tem mais, se colocássemos em uma peneira, presidente, governadores,prefeitos,senadores,deputados,vereadores e 
PROFESSORES e peneirássemos, em cima da peneira iriam 
ficar apenas os PROFESSORES, os outros iriam direto para 
o INFERNO...
                            Um abraço, Maria Teresa
(((((((CLARO QUE AINDA TEMOS EM NOSSO PAÍS HOMENS E MULHERES BONS QUE ESTÃO QUERENDO FAZER POLÍTICA DE VERDADE, VOTEMOS NESSES)))))))

Mimo de Gracita

Delicadeza de Roberta Maia

Como é bom viver...

Hum, como é bom viver a vida com responsabilidade e alegria!
Mas vida é curta para ser vivida com intolerância, com mau humor e estupidez como tenho visto por ai.
A vida é para ser vivida como se fosse um desabrochar de uma rosa, lentamente. Como o despertar do girassol, que se espreguiça todo até ficar olhando o sol, para melhor aproveitar a sua vida.
Viver a vida como se ela fosse uma sinfonia de pássaros matinais e se prestar atenção ouvirá uma sinfonia diferente a cada amanhecer, é só não ter pressa e ouvir, porque os pássaros estão lá a cada amanhecer.
Viver a vida sem pressa alguma porque a pressa não deixará experimentar o doce sabor que ela oferece a cada dia e olha, ela oferece sabores diferentes e crescedores de se viver.
Viver a vida como se não houvesse noites e só dias e dias de sol.
Então faça da noite do viver o mais lindo dia de sol!!

Arte: Émilie Munier
Autoria: Maria Teresa

Palavras da autora: “...nasci rodeada por livros, boa música, pinturas de quadros (papai tinha um atelier em casa), bordados (mamãe bordava lindamente) e muita religiosidade, caçula de três irmãos homens, temporã de pais na meia idade, fui educada com muito amor e mimo......adoro poesia e deixo o coração ditar e minhas mãos copiarem sobre o papel e ou teclado...amo ler e escrever, gosto muito de brincar com as letras...”

Maria Teresa tem dois Blogs:
Blogs lindos, cheio de declarações de amor( a seu marido) e muita paz!!!
Conheçam!!!

- Minha querida Maria Teresa, sua base familiar refletiu na linda mulher que é, apesar de conhecer apenas virtualmente, sinto sua energia BOA daqui!
Aqui é seu selinho destaque querida, fique à vontade para leva-lo:


Beijinhos Iluminados e Agradecidos!!

11 Comentários:

  1. Ahhhhhh como é bom VIVER!

    Aproveitar cada momento de sorriso nos lábios!

    Ahhhh como é bom VIVER

    Post inspirador Roberta!
    Amei

    :)

    Responder
    Respostas
    1. An@, sorriso nos lábios, adorooooo...!!!
      Beijinhos Iluminados!!!

      Muita Luz!!

  2. Bom dia Roberta, Parabéns a Maria Tereza pela doçura e sensibilidade, viver a vida sem pressa hoje em dia é um desafio que todos nós deveriamos querer vencer! Ótimo dia! Bjoooooss

    Responder
    Respostas
    1. Kellen,os blogs de Maria Teresa são cantinhos onde ela mostra sua paixão pelo marido e a vida!!!

      Lindo Dia!!!

  3. Conheço os blogs da Maria Tereza e são lindos sempre!!beijos às duas! chica

    Responder
    Respostas
    1. Chica, são lindo nê?!AMO DE PAIXÃO!!!
      São muito transparentes...claros!!!

      Beijinhos Iluminados!!!

  4. Querida Roberta, nem sei como fazermos para agradecer, ficamos deveras muito emocionados.
    Ficou linda sua postagem, trouxemos conosco o lindo selo que nos presenteou.
    Agradecemos do fundo do coração e seja sempre muito feliz e abençoada, que sua vida seja repleta de luz e muito amor sempre...beijos nossos no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Teresa, obrigada você por ter dado a permissão para que uma de suas obras estivesse aqui no Blog Luz!!!
      Fico imensamente feliz que tenham gostado!

      Beijinhos de Luz no coração do casal!!!
      Bençãos Plenas!!

  5. É isso mesmo, como é bom viver e aproveitar de todas essas coisas maravilhosas que a vida tem para nos oferecer. Ás vezes nem damos conta que estão mesmo pertinho de nós :)
    Linda mensagem, os meus Parabéns à autora!
    Beijiinhos

    Responder
  6. Olá! Tudo diferente e belo por aqui! Adorei as imagens de muita paz...e harmonia e o texto da Maria Tereza perfeito...vou conhecer...
    Parabéns Roberta!
    Bjs e que seu dia seja ótimo, com paz e bons pensamentos!
    CamomilaRosa

    Responder
  7. Olá Roberta,

    Conheço a Maria Tereza. É uma amizade recente, mas já pude constatar a beleza e sensibilidade de sua alma. Seus blogs são excelentes.

    O texto é lindo. Um convite à arte de bem viver.

    A ilustração ficou encantadora com a arte de Émilie Munier. Parabéns pelo bom gosto!

    Beijos.

    Responder